Uberaba Supermercados

Pimenta Malagueta: boa ou não para a saúde?

O uso da Pimenta Malagueta se deve principalmente para temperas alimentos, dando um sabor mais vivo aos pratos. Mas poucas pessoas conhecem os benefícios deste alimento para a saúde!

A pimenta malagueta pode estimular a circulação do corpo, além de contribuir para reduzir o crescimento de células de gordura. Mas, é principalmente a presença da capsaicina na pimenta malagueta que permite ações importantes no organismo. A capsicina pode ajudar a aliviar a congestão nasal, estimular a digestão, aumentar o metabolismo e aliviar as dores!

Conheça alguns benefícios da pimenta!

Ajudam a emagrecer:
A pimenta é um alimento termogênico, capaz de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. A substância responsável por isto é a capsaicina que aumenta a taxa metabólica em até 20%. Assim, o consumo de 6 gramas de pimenta queima cerca de 45 calorias!

Boa para o coração:
Um estudo realizado pela PUC do Rio Grande do Su,l concluiu que a capsaicina presente na pimenta também ajuda a diminuir os níveis do colesterol ruim, o LDL. A pimenta ainda pode reduzir coágulos no sangue por ter ação vasodilatadora e aumento da excreção fecal de gorduras. O resultado é a redução do risco de problemas como hipertensão, infarto e outras doenças cardiovasculares.

 

Riscos do consumo excessivo

Apesar de benéfica para a saúde, a pimenta não pode ser consumida de exageradamente! Tome cuidado com os molhos de pimenta que não usam o fruto in natura, mas o extrato ou óleo concentrado feito a partir de pimentas secas e picantes. Estes molhos em grandes quantidades podem causar queimaduras ou bolhas na boca e na língua, náusea, alteração respiratória e vômito.
Já foi comprovado que consumo de doses extremamente altas de capsaicinoides pode levar a morte em ratos. Porém, em seres humanos seria preciso consumir em uma única vez cerca de 1,8 litro de molho de pimenta picante para que a pessoa fique inconsciente. Todo cuidado é válido!